sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

FRASES SOBRE - PREGAÇÃO E PREGADORES (2/16)

PREGAÇÃO E PREGADORES - Cristo, a Mensagem
·    Se conseguirmos pregar somente Cristo para nosso povo, teremos pregado tudo a eles. - Richard Baxter
·    Há uma enorme diferença entre pregar doutrina e pregar Cristo. - Andrew Bonar
·    A pregação é a carruagem que eleva Cristo e rebaixa o mundo. - Richard Sibbes
·    Podemos pregar Cristo aos pecadores, mesmo que nossa pregação, por si, não os leve a Cristo. - C. H. Spurgeon
·    Nenhum ministério é digno de qualquer coisa se não for em primeiro e último lugar, e durante todo o tempo, um ministério aos pés da cruz. - James S. Stewart
Continua...
Em Cristo,Leonardo Araújo

FRASES SOBRE - PREGAÇÃO E PREGADORES (1/16)

PREGAÇÃO E PREGADORES - Amor


·    Os ministros de Deus precisam falar ao povo como se vivessem em seus corações, como se lhes tivessem sido revelados todos os seus desejos e todos os seus caminhos, todos os seus pecados e todas as suas dúvidas. - Thomas Brooks

·    Amar a pregação é uma coisa - amar as pessoas a quem pregamos é outra.
      - Richard Cecil

·    A chama do amor do Calvário é intensa e deve causar resplendor no púlpito.
-Christmas Evans
·    O evangelho de um coração quebrantado começa com o ministério de corações que sangram. Quando paramos de sangrar, paramos de abençoar. -John Henry Jowett
·    Não são as palavras duras que penetram na consciência de nosso povo; é a voz do amor divino por entre os trovões. -Robert Murray M'Cheyne

·    Aquele que prega a corações quebrantados sempre prega de uma forma atual.
-Joseph Parker

·    Mais moscas são pegas com mel do que com vinagre. Pregue muito sobre o amor de Deus. -C. H. Spurgeon


Em Cristo,Leonardo Araújo


     Continua...

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Série: "O Grande Rio no Rio Grande"( 1/10)


O Rio de Deus e o Estado do Rio Grande do Norte 

Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus”-Salmo 46.4


    INTRODUÇÃO: Um rio ou flúmen é uma corrente natural de água que flui com continuidade (curso de água). Possui um caudal considerável e desemboca no mar, num lago ou noutro rio, e em tal caso denomina-se afluente. Podem apresentar várias redes de drenagem.
    Muitos rios são utilizados para transporte, chamado transporte fluvial. No seu curso, dependendo do tamanho e volume das águas, e profundidade, navegam navios, barcos,barcaças e outras embarcações menores. Ressalte-se que há rios com corredeiras e quedas d’água que impedem a navegação, bem como há rios navegáveis em apenas parte de seu curso d'água.
    Os rios são importantes fontes, sendo utilizado como fonte de economia(pesca), meio de deslocamento ( comunidades ribeirinhas), potencial elétrico, além de ser reserva de água doce. O Brasil possui inúmeros rios, sendo o Rio Amazonas o seu grande destaque. Concentrando a maior reserva de água doce do mundo.
   Os rios nos tempos bíblicos também tiveram a sua importância na vida do povo de Deus,os quais muitas vezes tiveram uma importância espiritual ao simbolizarem o fluxo de Deus no meio do seu povo.
   Contasse que certo jovem ia todos os dias ao templo de uma pequenina congregação,para ali a sós com Deus,buscar a face do Senhor.Nesses dias ele pegava a chave com o porteiro e se trancava no templo em oração;certa tarde,Deus lhe deu uma visão,nela ele via o mapa do Estado do Rio Grande do Norte e sobre ele um rio de águas puras e cristalinas que corriam por todo o estado.Sem entender a visão ele indagou a Deus o que tudo aquilo significava,foi quando ele ouviu a voz do Senhor que dizia: “Isto não é outra coisa,senão,O GRANDE RIO NO RIO GRANDE”.Neste momento o moço compreendeu o desejo de Deus em se derramar,não apenas sobre este estado ou nação,mas sim sobre todo o “seu povo que se chama pelo meu seu nome”.
    A partir de hoje iremos abordar algumas lições acerca do “Rio de Deus” que corre ao longo da bíblia e da história da sua igreja,até chegarmos ao motivo de escrever esta série,a saber,a necessidade de um grande reavivamento bíblico no Estado do Rio Grande do Norte.

I.NO ÉDEN – Gn 2.10-14

E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços.O nome do primeiro {é} Pisom; este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde {há} ouro.E o ouro dessa terra {é} bom; ali {há} o bdélio e a {ou o ônix, ou o berilo} pedra sardônica.E o nome do segundo rio {é} Giom; este é o que rodeia toda a terra de Cuxe. {ou Etiópia}E o nome do terceiro rio {é} Hidéquel; {ou Tigre} este é o que vai para a banda do oriente da Assíria; e o quarto rio é o Eufrates”(Gn 2.10-14).
     No capitulo 2 de Gênesis há a árvore da vida e o rio que saia do Édem. Ali essa árvore é explicitamente chamada de árvore da vida, A Árvore da vida aponta para o Senhor Jesus, pois Ele disse que é a vida (Jo 14:6), mas a Bíblia diz que a árvore da vida está na margem do rio, e esse rio aponta para o Espírito Santo. O Conceito de rio é vital em toda a Palavra de Deus.
     Esse rio que saia do Édem se dividia em quatro braços, ou seja, possuía quatro extensões.Nós sabemos que o rio aponta para a obra do Espírito de Deus que flui como um rio do nosso interior.O Rio era um só mais tinha quatro braços e esses braços nos falam da obra completa do Espírito Santo em nossa vida.Eles são chamados de Pison, Gion, Tigre e Eufrates.

      1. PRIMEIRO BRAÇO – PISON

      Segundo o historiador Flávio Josefo  o rio Pisom é o rio Ganges(India).
      O ex-primeiro-ministro da Índia Jawaharlal Nehru,em seu livro Descoberta da Índia,atribui ao rio diversos significados simbólicos:

"O Ganges, acima de tudo, é o rio da Índia, que manteve cativo o coração da Índia e atraiu incontáveis milhões às suas margens desde a alvorada da história. A história do Ganges, de sua fonte ao mar, dos tempos antigos aos modernos, é a história da civilização e da cultura da Índia, da ascensão e queda de impérios, de cidades grandes e orgulhosas, de aventuras do homem."

      Pison significa “fluindo gratuitamente” (Is. 55:1). Segundo a concordância Strong também pode ter o significado de “crescimento ou aumento” Isso nos fala do Espírito Santo de Deus, que nos foi dado gratuitamente.
       Isaías 55:1 nos Diz:Ó vós todos os que tendes sede, vinde às águas, e vós que não tendes dinheiro, vinde, comprai e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite”.
      É sem dinheiro e sem preço porque ninguém pode pagar, é a graça de Deus estendida a nós. Esse rio está correndo hoje no meio do povo de Deus, fluindo do nosso interior pela graça.
__ Na margem do rio Pison havia ouro.O Rio da vida tem poder de trazer o ouro. O ouro simboliza a natureza e a glória de Deus.Isso nos mostra que esse rio tem o poder de colocar em nós a natureza divina.
.     Também tem bdélio e ônix são encontrados ali.O bdélio também pode ser traduzido como pérola segundo alguns intérpretes.Essa pedra aponta para a transformação, pois a pérola é um grão de pó que foi transfigurado.

     2. SEGUNDO BRAÇO – GION
     
     Segundo o historiador Flávio Josefo  o rio Gion é o rio Nilo(Egito).
     Gion significa “correnteza forte”. Segundo a concordância Strong, significa “uma correnteza que arrebenta as margens”.
     Isso nos mostra que o rio da vida é um rio de correnteza violenta. Essa correnteza quebra aquilo que está oprimindo e prendendo. Esse rio tem poder de quebrar cadeias, porque a unção quebra o julgo que está sobre as costas.
   
      Isaías 10.27 diz: “o jugo será despedaçado por causa da unção”.
    
Ilustração:Segundo a Defesa civil cidades que são construídas aonde antes era o curso de um rio estão sujeitas a inundações quando as chuvas fortes voltam a cair!!!

      Saiu no Jornal ESTADÃO do dia 28 de janeiro de 2009 a seguinte notícia,escrita pela jornalista Solange Spigliatti:“Rio inunda e provoca alagamentos em cidade de Minas”,
      Na matéria ela diz que “O temporal que caiu sobre a região na Zona da Mata, em Minas Gerais, na noite de terça-feira, provocou o transbordamento do Rio Piracicaba, inundando ao menos três bairros da cidade de Alvinópolis, a cerca de 160 km de Belo Horizonte. A Defesa Civil também informou que só na quarta-feira,dia  28,o número de municípios que estavam em situação de emergência no Estado havia subido para 120. As chuvas já haviam causado 27 mortes e afetado 824.391 pessoas em Minas”.
     Observamos com isto que o crescimento urbano desorganizado e que despreza o meio ambiente e seus inúmeros fatores acaba se tornando,mais adiante,em um grave problema de ordem pública.  
      No mundo espiritual não é diferente,construções,organizações e ministérios que não estiverem alicerçados na rocha(ou seja,vivendo o verdadeiro cristianismo,ensinando,guardando e praticando a palavra de Deus),Igrejas que não tem suas reuniões de líderes,Convenções Gerais(CG),Assembléias Ordinárias(AGO),Concílios de presbitério levando em conta o fluxo do Rio de Deus(a saber,a direção do Espírito Santo),ou ainda pior,líderes que se oponham e tentam impedir,ter domínio ou reter o mover do Espírito Santo,estarão fadados a queda,ruína e total destruição,pois as chuvas temporã e serôdia já começaram a cair e o Rio de Deus já começou a correr...

E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda”(Mt 7.27).

O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai”.(Jo 3.8)

Assim como tu não sabes qual o caminho do vento... assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas”.(Ec 11.5)

Nenhum homem {há} que tenha domínio sobre o espírito, para reter o espírito”.(Ec 8.8)
     
      Porém,para aqueles que estão orando por um grande avivamento,buscando “o tempo do refrigério”,não irão cair diante das coisas terríveis e tremendas que virão.

E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha”(Mt 7.25);

     Antes se alegrarão pelo fluxo do Santo Espírito de Deus no meio do seu povo,pois:

um rio cuja correntes alegram a cidade de Deus,o santuário das moradas do altíssimo”(Sl 46.4)

__Diz a palavra de Deus que esse rio vai para Cuxe, que hoje é a Etiópia. O Fato de ir para cuxe mostra o poder do rio para mudar aquilo que não podemos por nós mesmos. Jeremias 13:23 diz: 

"Porventura pode o etíope mudar a sua pele, ou o leopardo as suas manchas? Então podereis vós fazer o bem, sendo ensinados a fazer o mal".
 
.__Embora não possamos mudar a cor de nossa pele, ou seja, mudar a nossa natureza humana, a forte correnteza do rio de DEUS nos transformar até nos glorificar.
__ O Rio de Deus tem o poder de nos transformar.Não importa o que você era, nem que você é, se esse rio fluir do seu interior, ele tem o poder de transformá-lo.
.
     3. TERCEIRO BRAÇO – TIGRE

     O Terceiro braço do rio é chamado de Tigre(em árabe دجلة, Dijla, em turco: Dicle; na Bíblia Hiddekel).Ele é o mais oriental dos dois grandes rios que delineiam a Mesopotâmia, junto com o Eufrates, que corre desde as montanhas de Anatólia através do Iraque. De fato, o nome "Mesopotâmia" significa terra entre os rios.
     O Tigre tem 1.900 km de extensão. Nasce nos Montes Taurus da Turquia oriental e corre geralmente para sudeste até unir-se ao rio Eufrates, próximo a Al Qurna no sul do Iraque.
     A palavra tigre é Hidéquel em hebraico, e significa “rápido”. Isso aponta para a obra do Espírito Santo em nós que é forte e rápida. Se permitirmos ao rio de Deus mover em nós, veremos a mudança rapidamente.
__Esse braço do rio flui da Assíria. Assíria significa lugar Plano onde o rio inunda. Isto mostra que esse rio é fonte porque inunda a terra, mostrando a fonte de vida abundante do Senhor.
     Nosso Senhor Jesus Cristo nos diz em João 10.10 que “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”.
.__Deus quer dar a você uma vida de Inundação, como diz o Salmo 84; quando passar pelo vale árido, você fará desse vale um manancial de vida!

Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração {estão} os caminhos {aplanados,}o qual, passando pelo vale de Baca, {que significa árvores de bálsamo} faz dele uma fonte; a chuva também enche os tanques”(Sl 84.5,6).

     Aquele que é cheio do Espírito, aonde chega não tem sequidão e nem aridez. O ambiente pode estar pesado mais quando chega fica Livre, ainda que esteja tudo seco, por causa do fluir do rio de dentro dele, logo começam a aparecer os brotinhos verdes de vida. Aquele que é cheio de Deus tem vida para si e tem em abundância para abençoar os que estão ao derredor dele também.

     4. QUARTO BRAÇO – EUFRATES.

    O Rio Eufrates(nome tradicional, em aramaico Frot/Frat, Persa antigo Ufrat,e em turco Fırat) é um dos rios que forma a mesopotâmia juntamente com o Rio Tigre, onde hoje se encontra o atual Iraque.
      O rio é formado pela união de dois afluentes: o Kara(Eufrates Ocidental), que nasce nas montanhas orientais da Turquia ao norte de Erzerum e o Murat (Eufrates Oriental), que se origina no lago Van. O rio tem aproximadamente 2.780 km de extensão e sua porção superior escoa por entre canyons e gargantas para o sudoeste através da Síria e depois do Iraque.
__Eufrates em hebraico significa "doce e fértil". Segundo a concordância Strong, significa também “frutífero”. Gloria a Deus porque o último braço do rio nos faz doces e frutíferos diante de Deus. Somente podemos dar frutos se o rio da vida estiver fluindo do nosso interior.
.
“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.Contra estas coisas não há lei”. (Gl 5.22,23)
.
__ CONCLUSÃO:O Rio da vida tem fluido e tem sido assim desde o princípio, em Gênesis, era o rio com os quatro braços que banhava o Édem e que possuía ouro em suas margens (Gn 2:10-14).
__Gloria a Deus por esse rio que nos torna frutíferos que nos da a capacidade de gerar, que cura toda esterilidade.
__Que esses rios possam Fluir do Seu interior Gratuitamente, com correntezas fortes levando toda sujeira e te purificando, que possa ser rápido e possa trazer fertilidade do Senhor pra cada um de vocês.


CONTINUA...
                                                                                                                                                                                                     
                                                                        Em Cristo,Leonardo Araújo
                                                                        Presidente/Fundador do MVEC
                                                                                     

sábado, 11 de setembro de 2010

A CURA DIVINA,SOB UMA PESPECTIVA PENTECOSTAL (5)

         As causas das doenças – “Porque ficamos enfermos?”



1.O pecado original

Uma conseqüência da maldição que caiu sobre a raça humana depois do pecado de Adão e Eva. Neste sentido, todas as enfermidades derivam do primeiro pecado do homem, embora isso não signifique que uma enfermidade de um indivíduo seja devida ao seu próprio pecado.
O fato de que existe uma árvore para a cura das nações em Ezequiel 47.12 e Apocalipse 22.2, indica que as enfermidades são o resultado do pecado de Adão e Eva, e que devem ser removidas, assim como a maldição trazida por aquele pecado será removida (Rm 8.18-23; cf. Gn 3.18,19).

2.O pecado pessoal.

A doença pode ser diretamente causada pelo pecado do homem,sendo esta fruto de seus pecados específicos,como no caso da disseminação de uma doença venérea(resultado de uma vida de promiscuidade), uma doença crônica causada pelo alcoolismo,ou um câncer de esôfago, língua, pulmão(devido ao fumo). Estas doenças estarão intimamente relacionadas ao pecado de não cuidar do próprio corpo (1 Co 3.16,17).

A doença também pode ser enviada por Deus como uma punição, como no caso do pecado da presunção de Uzias (2 Cr 26.19,20). O Senhor Jesus Cristo ordenou a um dos doentes crônicos que Ele tinha curado: “Eis que já estás são; não peques mais, para que te não suceda alguma coisa pior” (Jo 5.14).Logo,subentendesse que a razão daquele homem ter se achado enfermo,seria por um pecado pessoal,que este teria cometido 38 anos atrás(Jo 5.5)!Observe que o prolongado período de sua enfermidade não serviu em nada para aplacar a condenação divina sobre seus pecados,aprendemos com isso uma grande e importante lição: o tempo não apaga o pecado!

Logo,as enfermidades podem ser (nem todas são) o resultado direto de um pecado pessoal.Embora seja verdade que muitas enfermidades são uma punição pelo pecado enviada por Deus – por exemplo, as pragas que afligiram Israel quando eles se rebelaram contra Deus na peregrinação pelo deserto (Nm 11.33; 14.37; 16.47; 25.8,9,18), algumas são usadas por Deus para a sua própria glória (Jo 9.3) e outras para o bem da pessoa que as sofre (2 Co 12.7-10).

3. Desobediência ou Quebra das Leis da Natureza.

Tal fato expressa-se de várias maneiras: descuido nos hábitos alimentares, sono insuficiente, falta de higiene pessoal, abuso de medicamentos, pensamentos pecaminosos etc. Nalgumas culturas, onde as normas de higiene não são devidamente observadas, as doenças predominam de maneira extraordinária. Os males gastrointestinais e muitas outras enfermidades são o resultado de dietas inadequadas, desnutrição e comprovada ausência de asseio.

Com o progresso do conhecimento da medicina e investimentos em saneamento básico diminui a ocorrência de vários tipos de doenças e a expectativa de vida do homem aumenta.

4. Trabalho Excessivo

Eis outro fator de grande prejuízo para o corpo humano. Excessivo esforço mental, ou físico, desgasta a saúde. Uma interessante ilustração desse fato pode ser encontrada em Filipenses 2.30: "Porque pela obra de Cristo chegou até bem próximo da morte, não fazendo caso da vida para suprir para comigo a falta do vosso serviço". Indubitavelmente, Epafrodito havia se excedido a si mesmo no trabalho do Senhor, e em seus préstimos ao apóstolo Paulo. Um exagero evidente em seu zelo pelo Reino de Deus.

Em nossa movimentada sociedade, onde todos correm para lá e para cá, é necessário que tenhamos momentos de recreação e entretenimentos apropriados, que funcionem como válvula de escape, a fim de aliviarmos a pressão psicológica.Até aos doze discípulos foi recomendado pelo Senhor que encontrassem um lugar para comer e ali descansar, “E ele disse-lhes:Vinde vós,aqui à parte,a um lugar deserto,e repousai um pouco”(Mc 6.31)!

5. Acidentes

Acidentes infantis, ou ferimentos, cujos danos não são detectados imediatamente, poderão, mais tarde, resultar em problemas físicos e mentais, com sérias complicações.

CONTINUA...
Em Cristo,Leonardo Araújo

domingo, 11 de julho de 2010

ILUSTRAÇÃO: PATINANDO NO GELO


Numa tarde nublada e fria, duas crianças patinavam sem qualquer preocupação sobre um lago congelado. De repente, o gelo se rompeu e uma das crianças caiu na água. A outra criança, percebendo o desespero de seu amiguinho que se afogava debaixo do gelo, imediatamente pegou uma pedra e começou a golpear o gelo com todas as suas forças. Em poucos segundos ele conseguiu quebrá-lo e salvar seu amigo.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, um deles perguntou ao menino:
- Como você conseguiu fazer isso? É impossível que uma criança consiga quebrar este gelo tão espesso com uma pedra e mãos tão pequenas!
Neste momento passava pelo local um ancião que ao ouvir a pergunta do bombeiro, lhe disse:
- Eu sei como ele conseguiu. Não havia ninguém ao seu redor para dizer-lhe que ele não seria capaz de fazê-lo!
 
Deus nos fez perfeitos e não escolhe os capacitados,CAPACITA OS ESCOLHIDOS.
Fazer ou não fazer algo depende de nossa vontade,perserverança e total conficança nEle!

"Porque muitos são chamados,mas poucos escolhidos" - Mt 22.14
 
Em Cristo,Leonardo Araújo
 

sábado, 3 de julho de 2010

A CURA DIVINA,SOB UMA PESPECTIVA PENTECOSTAL (4)

AS ENFERMIDADES



Toda cabeça está enferma,e todo o coração, fraco.Desde a planta do pé à cabeça não há nele coisa sã,senão feridas,e inchaços,e chagas podres,não espremidas,nem ligadas,nem nenhuma delas amolecida com óleo” – Is 1.5b,6

A origem das doenças – “De onde vieram as enfermidades?Como e quando elas surgiram?”

A enfermidade entrou no mundo em conseqüência do pecado. No jardim do Éden não haviam doenças, nem fraqueza, amargura ou dor. Porém,quando o homem desobedeceu ao mandamento de Deus (Gn 2.16,17), o pecado e a morte entraram no mundo (Rm 5.12). Toda a natureza passou a sofrer por causa do pecado (Gn 3.16-19) e o homem tornou-se sofredor e sujeito à morte. Embora a doença física não seja o resultado direto do pecado, a queda de Adão trouxe, indiretamente, enfermidades, des¬gostos e sofrimentos para toda a humanidade.O pecado está na raiz das doenças; é uma conseqüência da queda do homem.

O autor das enfermidades – “Deus é o autor das enfermidades?”

De forma alguma!Deus é o autor da vida e da saúde,e criou o homem perfeito.Satanás contudo,ao induzir o homem ao pecado,fez vir sobre este as conseqüências desta transgressão,dentre elas,as enfermidades.Logo,o próprio diabo(e não Deus) é o autor da enfermidade e da morte!

Deus não deveria ser acusado pela tragédia e misérias humanas.Pois essas coisas são produzidas por obra do diabo(Jo 10.10),Deus é um Deus bom,o qual dá boas coisas aos seus filhos(Tg 1.17).Jesus saiu por toda a parte fazendo o bem e “curando todos os oprimidos do diabo”(At 10.38).Que Satanás,o adversário,é o responsável pela escravidão – tanto física quanto espiritual – na qual as pessoas se encontram,há forte apoio na Bíblia(Lc 13.11-17;Hb 2.14,16 e 1 Jo3.8).

CONTINUA...
 
Em Cristo,Leonardo Araújo

A CURA DIVINA,SOB UMA PESPECTIVA PENTECOSTAL (3)

O QUE É SAÚDE?


Porque restaurarei a tua saúde e sararei as tuas chagas,diz o Senhor” – Jr 30.1


Segundo o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, saúde é o “estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para a forma particular de vida (raça, gênero, espécie) e para a fase particular de seu ciclo vital”,ou seja,é o “estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar”. Vem do latim “salus, salutis”, que significa “salvação, conservação da vida”.
Como se pode perceber, pelas definições dadas, a saúde é um quadro de manutenção da vida, de pleno funcionamento de todos os órgãos e de uma harmonia entre todas as funções do organismo. Nada mais é, portanto, do que a realização daquilo que foi projetado para o organismo, o cumprimento de todo o propósito estabelecido para aquele ser vivo.
Portanto, o estado de saúde exige, para sua ocorrência, que se tenha a perfeita realização do propósito divino para o homem. A saúde é o pleno funcionamento do organismo humano, o cumprimento do propósito divino, pois foi Deus quem criou o homem (Gn.1:26,27).
O homem foi criado perfeito, tanto física quanto moralmente. Porém,o pecado fez com que o homem estivesse sujeito à morte física e, conseqüentemente, à doenças e enfermidades.
Sendo assim nos surgem alguns questionamentos,tais como: "De onde vieram as enfermidades?Como elas surgiram?","Deus é o autor das enfermidades?","Porque ficamos enfermos?",dentre outras questões.

CONTINUA...

Em Cristo,Leonardo Araújo 

A CURA DIVINA,SOB UMA PESPECTIVA PENTECOSTAL (2)

A DUPLA NATUREZA HUMANA


Que é o homem,para que tanto o estimes,e ponhas sobre ele o teu coração,e cada manhã o visites,e cada momento o proves?”– Jó 7.17,18

A natureza humana é um conjunto de características descritas pela filosofia, incluindo formas de agir e pensar, que todos os seres humanos tem em comum. Vários são os ramos da ciência que estudam a natureza humana, incluindo sociologia, sociobiologia, psicologia, dentre outros. Filósofos e teólogos também fazem pesquisas sobre o assunto.

De acordo com o conceito aceito pela ciência moderna, natureza humana é a parte do comportamento humano que acredita-se que seja normal e/ou invariável através longos períodos de tempo e de contextos culturais dos mais variados. Esse entendimento entretanto é equivocado, dado que a ciência não crê em natureza humana, piois tem essa um carater metafísico.

Espiritual versus natural

Outro aspecto discutido muitas vezes da natureza humana é a existência da relação do corpo físico com o espírito ou alma, que transcende os atributos físicos do homem, bem como a existência de qualquer propósito transcendente. Nesta área, há três posições dominantes:

  • A visão filosófica naturalista: Posição em que os seres humanos são absolutamente naturais, sem nenhum componente espiritual ou propósito transcendente. Subconjuntos da visão naturalista incluem os materialistas e os fisicalistas, posições que consideram que os seres humanos são totalmente físicos. No entanto, alguns naturalistas são também dualistas a cerca da mente e do corpo. O naturalismo, combinado com as ciências naturais e sociais, veêm os humanos como seres não planejados do produto da evolução, que operava em parte pela seleção natural sobre mutação aleatória. Naturalistas filosóficos não acreditam numa passagem sobrenatural. Enquanto o naturalismo filosófico é frequentemente abordado como uma visão inaceitável da natureza humana, é promovido por muitos proeminentes filósofos e pensadores. O naturalista filosófico freqüentemente vai achar como semelhante a crença religiosa e a superstição e como um mal produto de um pensamento mágico.
  • Em contraste com o materialismo, existem as posições platonistas ou idealistas. Isto pode ser expresso de muitas formas, mas, na essência, a visão é que existe uma diferença entre a aparência e a realidade, e o que vemos no mundo que nos rodeia é simplesmente um reflexo de algo mais elevado, a existência divina, a qual a alma / mente ou espírito dos humanos (e talvez até os animais) pode ser parcial. Em seu livro, Platão representa a humanidade como prisioneiros presos desde o nascimento dentro de uma caverna subterrânea, incapazes de mover a cabeça, e, portanto, capazes apenas de ver as sombras nas paredes que apareceram por um incêndio ocorrido fora da caverna, sombras estas que, em sua ignorância, os moradores da gruta tem uma visão errada da realidade. Para Platão, portanto, a alma é um espírito que usa o corpo. Ela está em um estado não-natural de união, e espera por ser liberto de sua prisão corporal (cf. República, X, 611).
  • Entre o materialismo e idealismo, tipo,situa-se o pensamento de Tomás de Aquino, cujo sistema de pensamento é conhecido como Tomomesmo. Seu pensamento é, em essência, uma síntese da teologia cristã, bem como de uma releitura da filosofia de Aristóteles. Aristóteles descreve o homem como um "animal racional", isto é, um sistema único e indiviso sendo que é ao mesmo tempo animal (material) e racional (alma intelectual). Desenho do hylomorphism aristotélico, a alma é vista como uma forma substancial do corpo (matéria). A alma, como a forma substancial, é aquilo que é universal, ou comum, para toda a humanidade, e, portanto, é indicativo da natureza humana, o que diferencia uma pessoa de outra é uma questão a qual Aquino se refere como o princípio da individualização. A alma humana é caracterizada como espiritual, imortal, substancial, e subsistente: é o princípio espiritual e vital do ser humano, mas também é dependente do corpo em uma variedade de formas, a fim de possuir estas características.
Agora que já analisamos a opinião de algumas filosofias humanas,vejamos o que nos realmente ensina a Bíblia,a Palavra de Deus.

Ao estudarmos as Sagradas Escrituras observamos que o homem é constituído de três partes(corpo,alma e espírito) e é,ao mesmo tempo, um ser material e espiritual.Logo o homem é um ser que apresenta a tricotomia.


Deus se interessa por ambas as naturezas do homem. Não somente pela natureza espiritual, mas também material, o corpo.
A redenção de Cristo também inclui o corpo (Rm 8.23).Nosso corpo é membro de Cristo e santuário do Espírito Santo, foi comprado por Deus e deve glorificar a Ele (1 Co 6.15-20).
O plano completo da redenção inclui tanto o espírito quanto o corpo humano.
Jesus trouxe salvação e cura aos homens e a comissão dada aos discípulos foi que continuassem esta obra (Mc 16.15-18).

Portanto a vontade de Deus para sua vida é que você tenha saúde como bem vai a tua alma(3 Jo 2)!

Mas o que é saúde?

CONTINUA...


Em Cristo,Leonardo Araújo

segunda-feira, 22 de março de 2010

CENÁCULO DO PODER


O "Cenáculo do Poder" é um trabalho de oração com os novos convertidos,com o propósito de integrá-los ao departamento de discipulado e levá-los a perder o medo,a vergonha e a timidez de falar em público,mas acima de tudo isto,é um momento onde eles podem buscar a presença do Senhor para as suas vidas,além do batismo com o Espírito Santo e com fogo,do fruto do Espírito e dos Dons espirituais,isso sem falar dos muitos outros benefícios espirituais e materiais que acompanham a salvação de Deus que há em Cristo.











"E perseveravam na doutrina dos apóstolos,e na comunhão,e no partir do pão,e nas orações.Em cada alma havia temor,e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.Todos os que criam estavam juntos e tinham tudo em comum.Vendiam suas propriedades e fazendas e repartiam com todos,segundo cada um tinha necessidade.E,perserverando unânimes todos os dias no templo e partindo o pão em casa,comiam juntos com alegria e singeleza de coração,louvando a Deus e caindo na graça de todo o povo.E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar"(At 2.42-47).
Neste espaço deixarei registrado,ora por escritos,ora por fotos e vídeos,um pouco do que o Senhor Jesus Cristo tem feito em nosso meio todas as segundas-feiras das 19.30 às 20:30,na Assembleia de Deus(Min.Bélen),Cong.Monte Sinai,Setor 3(IEADERN/CGADB) em Natal/RN.
Em breve estes e outros relatos estarão sendo inseridos na nossa nova obra:"Um díario de sinais,pródigio e maravilhas",o qual assim como a renomada obra de Maria W. Etter,tem como propósito reistrar para as gerações futuras aquilo que o Senhor por sua graça tem realizado através de nosso ministério - Ministério Vidas Em Cristo.
Abaixo algumas fotos do dia 22 de março de 2010:











Irmão louvando ao Senhor com os Hinos congregacionais.
"Que fareis,pois,irmãos?Quando vos ajuntais,cada um de vós tem salmo,tem doutrina,tem revelação,tem língua,tem interpretação.Faça-se tudo para edificação"(1 Co 14.26).
 









Os varões de Deus buscando a presença de nosso Pai celestial: "E,entrando,subiram ao cenáculo,onde habitavam Pedro e Tiago,João e André,Filipe e Tomé,Bartolomeu e Mateus, Tiago,filho de Alfeu,Simão,o Zelote,e Judas,filho de Tiago"(At 1.13).











As novas convertidas também marcaram presença neste maravilhoso trabalho de oração: "Todos estes perseveravam unanimente em oração e súplicas,com as mulheres,e Maria,mãe de Jesus,e com seus irmãos"(Atos 1.14).










Metade do trabalho é dedicado a oração de joelhos,desde cedo estes neoconveros aprendem a importância de se ter um momento para conversar com Deus!Reconhecemos que uma boa parte da cristandade é negligente quanto ao ministério da interceção,não obstante esta realidade,"Nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra"(At 6.4).










Depois dos "Salmos"(hinos congregacionais),dos "Cânticos Espirituais"(hinos de louvor e adoração a Deus) e do momento de oração,vem a parte mais importante do trabalho: A leitura oficial e a pregação da Poderosa,Inerrante e Infalível Palavra de Deus!
"Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz,para o meu caminho"(Sl 119.105).

      
A mensagem da noite foi baseada na biografia de Tera,o pai de Abrão(Abraão),o qual saio de Ur dos Caldeus rumo a terra de Canaã,mas que parou no meio do caminho,habitando em Harã e morrendo ali(Gn 11.31,32).O Conf.Leonardo Araújo,depois de uma explanação do contexto geral da chamada de Abraão e da Geografia dos lugares citados(Ur,Harã e Canaã),trouxe o significdo etimológico dos nomes:"Tera" e "Harã",que respectivavente significam:"peregrino" e "Meio do caminho";logo em seguida,pediu que os novos convertidos repetissem em alto e bom som a parte final do texto-base:" e morreu Tera em Harã"(Gn 11.32c),após feito isto,ele anunciou o título da mensagem:" O peregrino que morreu no meio do caminho".
                                                       
A presença do Senhor,e as lágrimas marcaram a pleleção,especialmente quando a verdade central foi revelada,que "assim como Tera,todos nós fomos chamados para uma peregrinação,Deus nos tirou de Ur dos Caldeus(do tempo da ignorância,do mundo,das garras do inimigo) e nos prometeu uma terra que mana leite e mel,a Canaã Celestial,por isto não podemos desistir da caminhada cristã,nem tão pouco parar em Harã,no meio do caminho.

O auxiliar L.A'Melo,concluiu a mensagem fazendo um paralelo entre a história de Tera e Abrão com o encontro de Jesus com dois discípulos à caminho de Emaús(Lc 24.13-35) e de como Cristo restaurou a fé daqueles homens que estavam "no meio do caminho".

Depois da pregação Leonardo fez uma oração ao Senhor em favor dos novos convertidos,no afã de que se porventura algum deles estivesse com desejo de parar "no meio do caminho",tivesse as suas forças renovadas pelo Espírito Santo de Deus,como nos promete as Sagradas Escrituras em Isaías 40.31: "Mas os que esperam no SENHOR renovarão as suas forças e subirão com asas como águia;correrão e não se cansarão;caminharão e não se fatigarão".


E Deus ouviu a sua oração...






Agora só nos resta dizer:

"Porque dele,e por ele,e para ele são todas as coisas;glória,poís a ele eternamente.Amém"(Rm 11.36)!

sábado, 6 de março de 2010

A CURA DIVINA,SOB UMA PERSPECTIVA PENTECOSTAL (1)


Logo depois que Deus tirou o seu povo do Egito.Ele se revelou como aquele que cura.O Antigo Testamento mostra claramente que a cura é uma parte integrante da Redenção,e no Novo Testamento como parte integrante do poder do Evangelho.Sendo esta parte inerente da pregação do evangelho,cumpre o propósito de glorificar à Deus e abrir as portas para a salvação.Esta promessa provém da inaudita graça de Deus para com o pecador e tem sido uma das marcas da pregação pentecostal ao redor do mundo.
Ouve-se muito falar em cura divina,mas poucas pessoas crêem nela,outras até desconheçem o que as Santas Escrituras dizem a seu respeito
No AT, Deus se revelou como Jeová Raphá,"eu sou o SENHOR,que te sara"(Êx 15.26).
No NT,O ministério de Jesus foi marcado pela cura divina.Quando uma grande multidão se formou após a cura da sogra de Pedro,Mateus relata que:"Ele curou todos os que estavam enfermos para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías,que diz,Ele tomou sobre si as nossas enfermidades,e levou as nossas doenças"(Mt 8.16,17).O ministério de Pedro,Estevão,Filipe e também o de Paulo eram confirmados por Deus com "sinais,e milagres,e várias maravilhas,e dons do Espírito Santo"(Hb 2.4).
Contudo,a cura divina não cessou após os dias apostólicos.Ela permanece a disposição daqueles que crêrem,na Palavra de Deus,cumprindo assim uma gloriosa finalidade como parte da pregação das boas bovas de salvação.Tiago dirige instruções a todos os cristãos de todos os tempos para que ao estar alguem doente tomem a iniciativa e chamem os homens e mulheres de Deus,principalmente,os Presbíteros da igreja para ministrarem a cura através da oração da fé que salvará o doente,e o SENHOR o levantará.
Todos os crentes hoje podem estar cheios do Espírito Santo,a ponto dos doentes que chegam perto recebam a fé para serem curados.A intima comunhão com o Senhor proporciona isto,quando Pedro passava até a sua sombra curava os enfermos.Glória a Deus!
Esta santa promessa está espalhada ao longo de toda a Bíblia.Por se tratar de uma doutrina escriturística,nessa série,seremos instados a buscar a cura para todas as nossas enfermidades.mas como se trata de algo que depende da soberania divina,é possível que alguns(uma pequeníssima parcela)não sejam curados,portanto é necessário aprender a lidar com essa realidade.
Estudaremos,também,que a cura divina faz parte,e de certo modo,antecipa a glória que haveremos de ter quando Cristo se revelar.

CONTINUA...

Em Cristo,Leonardo Araújo

terça-feira, 2 de março de 2010

SÉRIE: A CURA DIVINA,SOB UMA PERSPECTIVA PENTECOSTAL


Esta nova série do Blog Vidas Em Cristo(BVEC) o ajudará a entender o maravilhoso plano de Deus para sua saúde, tanto física como espiritual. "A cura divina,sob uma perspectiva pentecostal" é uma série de artigos para os cristãos do início do século 21 contra os desvios doutrinários do movimento “pseudo-pentecostal”,que tem se infiltrado em muitas de nossas igrejas e distorcido essa tão importante doutrina bíblica!

Por que ficamos enfermos?
É Deus o autor das enfermidades?
Como surgiram as enfermidades?
Enfermidades são demônios?
O que é a cura divina?
É da vontade de Deus nos curar?
Curas divinas ocorrem hoje?
Como elas ocorrem?
Orar:"se for tua vontade" destrói a nossa fé e nos impossibilita de receber a nossa cura?
Procurar ajuda médica,fazer exames clínicos e tomar medicamentos são sinais de falta de fé?
Jesus cura a todos?
Se Jesus cura a todos,porque nem todos são curados?
São todos curados “na mesma hora"?
Por que alguns perdem a cura?
Quem são os "Healers"(Curadores - Evangelisas de curas),o seu ministério tem validade nos dias atuais ?
O que são "pontos de contato",sua prática é válida e/ou necessária atualmente?
A fé é importante para a cura divina?
O que deve fazer o crente quando ora pela cura divina para si?
O que fazer quando a cura não vêem?
Por que alguns crentes fieis não são curados?
E alguns até morem na sua enfermidade?

Estas e outras questões analisadas a luz da doutrina pentecostal clássica.

EM BREVE! NÃO PERCAM!!!

Equipe Vidas Em Cristo

CONTATO E AGENDA


Minha agenda de pregações está aberta para atender, com muito amor e carinho, os amigos que nos convidam para ministrar em suas congregações e eventos.

NÃO COBRO PARA PREGAR A PALAVRA DE DEUS e NÃO FAÇO QUALQUER EXIGÊNCIA.
Quem convida, apenas hospeda e transporta.

Não há qualquer custo além disso. Nem exijo a venda de "x" números de livros, CD's ou DVD's

           Leonardo Araújo, por graça de Deus, é pregador do evangelho, teólogo pentecostal, ensinador cristão, articulista e escritor evangélico.
          Como escritor são de sua autoria os seguintes títulos: "A Excelência da Vida" ; "A chegada do Reino" ; "A sabedoria que vem do alto"; "E que tenhas saúde" ; "Em todo tempo ama o amigo"; "Ao encontro de Rebeca"; "Enquanto Isaque não vem"; "No suor do teu rosto"; " A bênção do Senhor é que enriquece" ; "No lugar chamado Calvário" ; "Que sonho é este que sonhastes?" ; "O jejum que Deus se agrada" ; dentre outros , sendo que alguns deles já estão disponíveis para download gratuito no site oficial do Ministério Leonardo Araújo.
          Além disto,é editor-chefe do Blog Vidas Em Cristo, um blog cristão filiado à UBE ("União dos Blogueiros Evangélicos").

          Atualmente reside em Natal-RN, servindo ao Senhor Jesus Cristo na Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Estado do Rio Grande do Norte (IEADERN/CGADB).
          Com um ministério dedicado ao ensino das Escrituras, uma pregação fervorosa e acompanhada por sinais (curas, milagres, libertações, batismos com Espírito Santo e manifestções dos dons espirituais), Leonardo Araújo está aberto à convites como conferencista/palestrante em  empresas, preletor em reuniões interdenominacionais, escolas bíblicas, congressos, conferências, seminários, concentrações evangelísticas e demais eventos, realizados tanto no Brasil quanto no exterior.
          No momento está escrevendo mais um livro,"Do Egito a Canaã", além de, semanalmente, publicar no Blog Vidas Em Cristo, artigos, preleções, vídeos e e-books de desenvolvimento pessoal e edificação espiritual.


CONTATO: (84) 8731-5002


Natal,Rn, Brasil